imagem da internet



  O livro surgiu no Ocidente, em 1455 por Johannes Gutenberg inventa a imprensa com tipos móveis reutilizáveis, o primeiro livro impresso nessa técnica foi a Bíblia em latim. Porém muito há muito tempo o homem já usava outros matérias, como pedra, tabuas de argila, entre outros para a escrita; com os anos foi se utilizando materiais de couro, papel,tecido, que permitia dobrar e enrolar.
  Houve certa resistência da parte dos copistas, pois a impressora punha em causa a sua ocupação. Mas com a impressora de tipos móveis, o livro popularizou-se definitivamente, tornando-se mais acessível pela redução enorme dos custos da produção em série.


  Com o surgimento da imprensa desenvolveu-se a técnica da tipografia, da qual dependia a confiabilidade do texto e a capacidade do mesmo para atingir um grande público. As necessidades do tipo móvel exigiram um novo desenho de letras.
  Uma das figuras mais importantes do início da tipografia é o italiano Aldus Manutius. Ele foi importante no processo de maturidade do projeto tipográfico, o que hoje chamariamos de design gráfico ou editorial. A maturidade desta nova técnica levou, entretanto, cerca de um século.
  Na idade Moderna aparecem livros cada vez mais portáteis, inclusive os livros de bolso. Estes livros passam a trazer novos gêneros: o romance, a novela, os almanaques.

Livro eletrônico

  Em fins do século XX surgiu o livro eletrônico, ou seja, o livro num suporte eletrônico, o computador Uma dificuldade que o livro eletrônico encontra é que a leitura num suporte de papel é cerca de 1,2 vez mais rápida do que em um suporte eletrônico, mas pesquisas vêm sendo feitas no sentido de melhorar a visualização dos livros eletrônicos.
  

  A primeira tentativa efetiva de introduzir a  tipografia no Brasil foi feita pelos holandeses, durante o período em que ocuparam o nordeste brasileiro, entre 1630 e 1650.
Durante a ocupação holandesa, as negociações entre Pernambuco e Holanda selecionaram um tipógrafo, Pieter Janszonon, como encarregado da tipografia no Recife, mas consta que ele morreu logo que chegou ao Brasil, em 3 de agosto de 1643.


  Com o Livro Guinness dos Recordes, a Bíblia é o livro mais vendido de todos os tempos com mais de 5 bilhões de cópias vendidas e distribuídas.

Top 5 dos Livros mais vendidos no Mundo

1. Bíblia Sagrada
2. Don Quixote
3. Um Conto de Duas Cidades
4. O Senhor dos Anéis
5. O Hobbit

Extra: O livro que ocupa o 6´lugar O Pequeno Príncipe com mais 140 milhões de vendidas no mundo.