Antenada, moderna, provocadora, contestadora, empoderada, absoluta, cheia de vontades e de dúvidas.   Acompanhe as histórias dessa personagem única, em tirinhas super divertidas e cheias de atitude. Personagem negra, criação de um talentosíssimo artista negro Junião que faz parte do grupo Sensala High-tech.


http://www.juniao.com.br


Quem é Dona Isaura?

Dona Isaura acaba de voltar de um mochilão. Ainda não contou de todos os lugares que visitou, nem todas as coisas que viu: “Calma, conto aos poucos, temos tempo!”, tem dito a quem pede detalhes.
Antes da viagem, Dona Isaura se considerava uma mulher ora comum, ora nem tanto. Aos sessenta e tantos anos, filhos e netos, era apaixonada por feijoada, caipirinha, novela, futebol e uma roda de samba sempre que possível. Ainda gosta de todas essas coisas, mas anda cheia de novidades. Pelo menos é o que acha seu namorado (“Namorado não, Legário é meu ficante!”), companheiro fiel apesar de um desentendimento aqui, outro ali. Mudou o visual, está apaixonada por tudo quanto é novidade do mundo digital e agora tem amigos de várias partes do planeta.

Mas a comida gostosa e as boas histórias continuam as melhores do universo, dizem os netos.
Criada em 2000 pelo cartunista Junião, a personagem é inspirada em situações do cotidiano da família do próprio desenhista, “dominada” por mulheres. Foi lançada na revista japonesa Look, em 2002, e na coletânea Central de Tiras, no ano seguinte.
As histórias de Dona Isaura foram publicadas como tiras diárias entre 2003 e 2006 em dois jornais: Correio Popular (Campinas) e Diário da Região (São José do Rio Preto). E voltam agora, no Facebook.com/DonaIsauraTirasTwitter (@Dona_Isaura) e Instagram (@DonaIsaura). E no que mais aparecer de novidade nesse mundão, virtual ou não.