Watchmen é uma série de televisão dramática de super-herói americana que continua a série de 1987 da DC Comics, Watchmen, criada por Alan Moore e Dave Gibbons. A série de televisão foi criada por Damon Lindelof para HBO, com Lindelof servindo como produtor executivo e roteirista.[1] Seu conjunto de elenco inclui Regina King, Don Johnson, Tim Blake Nelson, Yahya Abdul-Mateen II, Andrew Howard, Jacob Ming-Trent, Tom Mison, Sara Vickers, Dylan Schombing, Louis Gossett Jr., Jeremy Irons, Jean Smart e Hong Chau.

Lindelof comparou a série de televisão como um "remix" da série limitada de quadrinhos original. Enquanto a série é tecnicamente uma sequência, qual toma lugar 34 anos após os eventos dos quadrinhos dentro da mesma realidade alternativa, Lindelof queria introduzir novos personagens e conflitos que criam uma nova história dentro da continuidade de Watchmen, em vez de criar um reboot. A série foca nos eventos envolvendo as tensões raciais em Tulsa, Oklahoma, em 2019. Um grupo supremacista branco chamado a Seventh Kavalry tem tomado as armas contra o Tulsa Police Department por causa de percebidas injustiças raciais, causando a polícia para agora esconder suas identidades com máscaras para prevenir a Seventh Kavalry de atingir eles em suas casas seguindo a "White Night". Angela Abar (King), uma detetive conhecida como Sister Night, investiga o assassinato de seu amigo e superior, Judd Crawford (Johnson), e descobre segredos envolvendo as situações ao redor do vigilantismo.

A série ‘Watchmen’, da HBO, foi a que mais recebeu indicações ao  #Emmys, com 26 no total, incluindo:

-Melhor Minissérie

-Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para a TV (Regina King)

-Melhor Ator em Minissérie ou Filme para a TV (Jeremy Irons)